Blog

um convite a reflexão

MOVA

O convite a reflexão continua, mesmo que não estejamos querendo. Nos vislumbramos naquela vida antiga, e então se foi. Me pergunto, será que aquela vida ainda voltará a existir? A nova variante do vírus, mais agressiva e letal, nos convoca novamente ao isolamento, ao recolhimento. Nas minhas divagações, reflito o que ainda precisamos aprender. Quais ensinamentos estão sendo postos?

Para essa reflexão interna quero te convidar a praticar paschimottanasana: paschima = oeste, parte posterior do corpo + uttana = alongamento intenso + asana = postura. Em seu simbolismo o leste esta associado ao nosso consciente e o oeste ao inconsciente, um convite a levar a luz da consciência a tudo que é oculto ou represado no inconsciente.

No coletivo, me parece, cada vez mais, que é sobre olhar para a mãe terra como um ser vivo. Senti-la como igual, sentir como sentimos por nossos filhos, pais, animais de estimação etc. Ela é nossa mãe primeira, ela sustenta tudo que existe, todos os seres e toda sua criação. O grande ventre do qual viemos e ao qual retornaremos. A terra é nosso lar e nos dá o alimento, acolhimento e nutrição. Então, porque a violamos constantemente? A meu ver, estamos desconectados! É a única resposta que tenho. Sempre me volta e as vezes não parece responder o todo (rsrs). Confuso eu sei. Mas e se perdemos a visão do todo? Os anseios do individual, oprimem o do coletivo e assim deixamos de olhar para Terra. Um ser vivo que também precisa de cuidados e amor.

E quais seriam esses cuidados? Os que nós mesmos precisamos?

Buscamos, por exemplo, um alimento saudável para o corpo enquanto a Terra se alimenta dos resíduos. E o que entregamos de alimento para ela? Lixo! Uma montanha de lixo sem qualquer tipo de cuidado. Você deixa o lixo espalhado pelo chão da sala da sua casa? E então, porquê descartamos “pra fora” de qualquer jeito? Cuidamos de nós, mas não cuidamos daquela que nos sustenta, esse exemplo é só um pedaço da pontinha do problema.

Te convido então para olhar pra dentro e entender qual nosso papel em tudo isso. Vamos nessa?

Passo 1: Sente-se no chão com as pernas esticadas à frente e os pés em flex (os dedos dos pés separados e apontados para cima). Coloque as palmas das mãos no chão ao lado dos quadris e alongue a coluna. Respire lento e profundo algumas vezes.

Passo 2: Inspire e eleve os braços, cresça um pouco mais a coluna, os pés continuam ativos em flex.



Passo 3: Na expiração traga o abdômen na direção das coxas, as mãos vão até onde você alcançar. É importante ter em mente que o objetivo não é as mãos tocarem os pés, mas sim alongar toda a parte posterior do corpo. Faça um esforço para alongar desde a base da coluna, desfaça a corcunda que é criada pelo alongamento a partir da região dos ombros.



Paschimottanasana em seu efeito energético sutil leva introversão, trazendo conexão interior e concentração. Desviando nossa atenção do mundo externo, equilibra esforço e ambição.

Benefícios físicos:

- Alonga isquiotibiais

- Fortalece as costas

- Reduz a ansiedade

- Estimula a digestão

- Ajuda no sono

- Aumenta a vitalidade sexual e alivia a impotência 

pra acompanhar o trabalho dessa deusa acesse instagram.com/imirabrito
as fotos das posturas são da instagram.com/msc_bruna

seja D E M O D Ê !

venha fazer parte de uma moda
que respeita seu corpo e a natureza,
direto do Nordeste do Brasil :)